Motivos para aprender um novo idioma

Mês passado eu estava assistindo a uma palestra que o Benny Lewis , um super poliglota nascido na irlanda, fez para o grupo TEDx Talks e uma coisa me chamou a atenção.

Ele iniciou a própria jornada no aprendizado de idiomas por influência de um brasileiro.

O Benny achou a forma com a qual o camarada conseguia se comunicar algo fenomenal. Enquando o br dava um alô para o outro do seu pais (em português), flertava com uma francesa (em francês) , conversava com o irlandês( em inglês e com um forte sotaque americano) e conseguia dialogar com um espanhol (em espanhol).

O desejo de conexão por meio dos idiomas foi a principal razão pela qual ele iniciou os estudos.

Esse é apenas um dos motivos pelos quais alguém inicia tal coisa. Aqui você entenderá quais os outros motivos que podem servir de base para você entrar nesse novo mundo, o mundo das línguas.

Primeiro motivo : Crescer na carreira

Frequentemente nós ouvimos coisas como ” aprender um idioma, além do nativo, é interessante para o mercado”.

Sinceramente, passei a discordar, parcialmente, disso, após ter lido no linkedin de uma empresa ” Nós não aceitamos pessoas que falem apenas o idioma local do país onde a organização tem base e o inglês. Se você só fala esses dois, não entre em contato conosco”.

Um segundo e , possivelmente, um terceiro idioma surgem como uma obrigação e não mais como uma opção, em alguns países, pelo menos.

Infelizmente, o Brasil está distante dessa situação. De acordo com a pesquisa do British Council e do Instituto de Pesquisa Data Popular, apenas 5% da população do país fala a língua do Tio Sam (inglês). Supostamente, menos ainda é fluente.

Se inglês, um idioma extremamente importante, está assim, imagina os outros.

Se fizermos diferente, podemos nos tornar a lâmpada que brilha no meio do todo, durante uma entrevista de empregos.

Segundo motivo: Viver diversas vidas em uma

Uma lingua não é apenas a junção de letras, palavras e sons, mas sim um mix de personalidade, emoções, sentimentos e identidade.

Em uma conversa , uma amiga me disse que sente ter recebido algo especial do idioma alemão. Algo como compreender as coisas ao redor de um modo mais lógico.

Por outro lado, a mesma pessoa diz que se sente mais romântica quando conversa em italiano.

Isso é algo que muitos estudantes de línguas têm em comum. O Luca Lampariello,um poliglota italiano ,por exemplo, falou algo muito semelhante outro dia : “quando eu falo uma língua, sinto ser x, mas, quando falo outra, sinto ser y. Quanto mais línguas nós falamos, mais vidas nós podemos viver, dentro de nós mesmos” .

Parece que a nossa linguagem corporal, as nossas emoções, os nossos pensamentos mudam de estado a depender do idiomas que nós nos propomos a falar.

Terceiro motivo : Benefícios envolvendo a saúde

Você sabia que os riscos de Alzheimer ou demência diminuem a um adulto que fala mais de um idioma em comparação a um que é monolíngue?

Há outros que, de modo mais prudente, dizem que o estudo de idioma faz o retardamento desses problemas se tornar real. Ao invés de sofrer fortes alterações mentais aos 70, começam a sofre aos 80.

Outros vão além e afirmam que a capacidade decisória também é aprimorada.

Em qualquer um dos casos, os que se interessam por idiomas saem ganhando.

Aprender um novo idioma é tentador, não é ?

Não perca tempo e entre em contato consco pelos links a seguir. Por eles, você conseguirá, de modo gratuito, praticar idiomas.

Links:

Encontros virtuais

Clubes locais

Para mais informações, entre em contato conosco pelo instagram.

Observações:

Créditos para a imagem de capa: Imagem de Gerd Altmann por Pixabay

Observação:

Revisão por Lincon

Facebook do Lincon

Sobre o Autor

Victor Haniel
Victor Haniel

Opa. O meu nome é Haniel, tenho 22 anos, gosto de aprender idiomas e atuo na área do marketing e na área de tecnologia do Clube Poliglota Brasil. De modo resumido, é isso. Estou aqui para te ajudar!

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.