Poliglotinhas: a magia da leitura sem fronteiras

Despertar o prazer pela leitura em crianças é uma experiência repleta de magia. Quem nunca se emocionou ao ver uma criança lendo as primeiras frases de um livro? No projeto Poliglotinhas, a intenção é fazer com que essa magia aconteça em diferentes idiomas, de uma forma natural, lúdica, sem cobranças e num formato que em nada lembra uma aula de cursinho de idiomas. Por meio de um clube de leitura on-line, o projeto reunirá semanalmente crianças de 8 a 12 anos para ler historinhas em inglês, espanhol e francês. Conversamos com a idealizadora do projeto, Agatha Franco, que nos contou um pouco sobre a história do Poliglotinhas e do formato do projeto.

CPB: De onde surgiu a ideia do projeto?

Agatha: Certa vez li que “um livro é um brinquedo feito com letras” e essa frase nunca mais saiu da minha cabeça. Tive, então, filhos…três filhos! E sempre busquei incentivar a literatura dentro do nosso lar. No último ano, com o período de quarentena, busquei desenvolver variadas atividades de leitura com eles, até que resolvi testar a leitura em inglês e eles adoraram. Mesmo sem domínio do idioma (eu e eles), eles se envolviam com as histórias, adoravam repetir a pronúncia das palavras, e acabamos incluindo alguns livros em inglês na nossa rotina de leituras. Nesse ano conheci o Clube Poliglota do Brasil e me encantei com a proposta de difundir o acesso a diferentes idiomas por práticas coletivas e gratuitas. Conheci muita gente que se doa de corpo e alma a esse propósito, e pensei: por que não adaptar esse formato para crianças?  Foi assim que surgiu a ideia.

CPB: Como serão os encontros?

Agatha: Nesses primeiros meses do projeto testaremos diferentes formatos. Estamos na fase de projeto piloto. Mas a proposta é fazer algo muito simples, mas que torne a experiência prazerosa. Não haverá aula, nem nada que se assemelhe a um curso de idiomas tradicional. Vamos utilizar histórias infantis em inglês, espanhol e francês, e faremos a leitura com as crianças, treinando a pronúncia, destacando vocabulário e, principalmente, auxiliando na compreensão do contexto. Toda semana o clube terá um encontro de 45 minutos. 

CPB: As crianças precisam participar de todos os encontros para se manterem no projeto?

Agatha: Não! A criança participará quando se sentir confortável, e enquanto considerar a experiência prazerosa para ela. Ela pode participar de quantos encontros quiser, de todos os idiomas, ou somente de um. 

CPB: Os adultos que conduzirão os encontros são professores de idiomas?

Agatha: Não necessariamente. Se algum professor quiser se juntar ao grupo, será muito bem-vindo. O mais importante é que os mediadores tenham nível intermediário a avançado do idioma, e com bom trato com crianças.

CPB: Quais são as mídias do Poliglotinhas?

Agatha: O instagram @poliglotinhas e o whatsapp do projeto.

CPB: Como os interessados devem fazer para participar?

Agatha: Os interessados deverão acessar o instagram e clicar no link da Bio para serem redirecionados ao grupo de whatsapp. É nesse grupo que serão postados os links dos encontros, disponibilizados os arquivos das leituras e realizadas as atualizações da grade de horários.

O Clube poliglota do Brasil deseja enorme sucesso a esse projeto tão especial e está lisonjeado pela oportunidade de acompanhar de perto o desenvolvimento dessa ideia que agora se concretizou. Sucesso com os seus pequenos leitores poliglotas, os poliglotinhas!

Sobre o Autor

Victor Haniel
Victor Haniel

Opa. O meu nome é Haniel, tenho 22 anos, gosto de aprender idiomas e atuo na área do marketing e na área de tecnologia do Clube Poliglota Brasil. De modo resumido, é isso. Estou aqui para te ajudar!

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


  1. Estou conhecendo a equipe. Que ideia maravilhosa, Espero poder participar qualquer dia pra ver super crianças superpoliglotas…